terça-feira, 26 de maio de 2009

Mulher russa acusa mãe da menina de "mentir" sobre família de acolhimento

SIC- Online (26-05-2009 )


"Fui eu quem indicou a família, há quatro anos, para que a menina tivesse quem tomasse conta dela", assinala, garantindo que o casal de Barcelos - João Pinheiro e Florinda - sempre cuidou da Alexandra, a menina russa, "com todo o cuidado".

A imigrante, que trabalha numa loja de produtos russos do centro da cidade, sente-se "chocada" com as declarações da mãe da menina a uma televisão russa, frisando que a conhece bem, pelo que continua a defender que "não tem condições para a criar e educar".
Larysa assegura que a maioria dos cidadãos russos residentes em Braga rejeita as acusações da sua compatriota, exactamente porque a conhecem pessoalmente e porque acompanharam o caso nos últimos anos.

Garante que "todos os russos conhecem o caso e a negligência que o causou" e evoca os tempos em que ajudava a criança, dando roupa e comida para que não passasse mal, ante os problemas quotidianos da mãe. Nesse sentido, manifesta-se "preocupada" com o destino de Alexandra, pedindo, por isso, ao Governo da Rússia o acompanhamento da criança e da família.

Para dar público testemunho das "mentiras" que foram atiradas sobre o casal de Barcelos, a comunidade russa residente em Braga pondera a realização de uma manifestação de rua para domingo, dia 31. "Vamos dizer aos portugueses e aos russos que a mãe mente e que o casal de acolhimento só fez bem à Alexandra", justificam.

Na semana passada, a criança, que fala apenas português, passou a viver com a mãe e a avó numa cidade russa, a 350 quilómetros de Moscovo.

25 comentários:

  1. Sou russa, tenho imensa vergonha pelo a minha compatriota e lamento muito desta situação. Queria dar o apoio a família, que sem dúvida e os pais verdadeiros! Não desistem da filha!
    Já falamos com amigos e toda gente esta do Vosso lado. Ate a imprensa russa diz, que seria melhor a menina ficar em Portugal.
    Eu estou convencida, que as leis na Rússia são diferente das leis daqui e não tenho dúvida que podem dar razão a ficar com menina, porque acolheram, trataram bem e substituíram os pais!

    ResponderEliminar
  2. Cuidado com essas viagens à Rússia caros senhores. Compreendo o desespero dos pais adoptivos da Alexandra, mas participar em qualquer circo mediático só favorece aquela falsa mãe que, neste momento, vê na Alexandra a sua “galinha dos ovos de ouro”. Direitos televisivos são vendidos a canais de televisão, são cobrados cachets para entrevistas e… para debates. É um circo que está montado, um “Reality Show” onde, inadvertidamente, os pais adoptivos vão participar. E aquela falsa mãe sempre a lucrar. E lucrará sempre enquanto esta atenção mediática se mantiver. E nunca a largará enquanto a Alexandra der dinheiro, enquanto a Alexandra servir para engordar a sua conta bancária, enquanto subsidiar todos os seus vícios. Depois de se prostituir a ela, aquela falsa mãe prostitui agora a Alexandra. Cuidado com as viagens à Rússia meus senhores.

    ResponderEliminar
  3. Nem imaginam o quanto doeu a mim (pessoa de fora) ver o sofrimento desta menina naquele dia.:( E depois, terem provas assim, fortes e ñ fazerem nada, é incrivel. Farei tudo ao meu alcançe para poder ajudar, e gostava tanto que o fim desta menina fosse o mais feliz possivel.
    :(

    ResponderEliminar
  4. Não percam a esperança, a Alexandra tem de voltar para POrtugal para junto daqueles que a amam e muito. Eu sou mãe e imagino a dor destes PAIS ao verem assim retirada em pranto da sua menina. sinto um revolta enorme, este país a este nivel ainda tem muito de crescer

    ResponderEliminar
  5. O Presidente da Rússia tem um blogue na Internet. Sugiro que se faça uma petição em inglês e que se coloca ali. O blogue é em russo, se tiverem dificuldades em colocar petição estou disposto a ajudar. O endereço do blogue:

    http://blog.kremlin.ru/

    ResponderEliminar
  6. Venho demonstrar a minha indignação e total solidariedade para com este casal, e, especialmente pela Alexandra, porque não estão a ser acutelar os interesses supremos da criança, quando a levaram para um país estranho com uma "mãe" que levanta sérias dúvidas quanto ao seu comportamento.Pese embora seja muito dificil o retorno da menina, segundo me tenho apercebido, cabe-nos a todos não deixar cair este caso no esquecimento.Pela sobrevivência da Alexandra urge agirmos.
    Todos cometemos erros, de juizos de valor e outros, mas temos que ter a capacidade de os tentar resolver, quando temos a consciência que errámos! Que a Alexandra não venha a ser uma vanessa que foi retirada aos pais que a tinham criado e acabou morta em 2005, pelo pai e avó!
    Elisabete Costa Covilhã

    ResponderEliminar
  7. O site onde estava a petição está suspenso, aparentemente por falta de pagamento do alojamento ou do excesso de tráfego permitido:

    «Este website está de momento inacessível.
    Se é o responsável por este site contacte a empresa que lhe fornece o serviço de alojamento a fim de obter mais informações.»

    Sugiro que seja feita uma petição num site internacional, para que possa ser mais vista internacionalmente também. Eu vou fazer isso e dou o link para quem quizer assinar...

    ResponderEliminar
  8. A criança está a sofrer, por favor não deixem o pior acontecer.

    ResponderEliminar
  9. È ano de eleições, tirem proveito disso, pressionem o Sr. Primeiro Ministro para fazer alguma coisa por este caso, peçam ajuda amnistia internacional, este caso deve ser conhecido mundialmente, não merecemos ser enxovalhados por uma "mãe" deste tipo. Vamos todos ajudar a Alexandra.

    ResponderEliminar
  10. Boa noite
    O sofrimento da Alexandra tira-nos o sono...
    Fiquei satisfeita que os responsáveis governamentais portugueses comecem a estar preocupados - vale mais tarde que nunca...
    Várias vozes com responsabilidade na proteção e entendimento de menores repudiam a decisão do Tribunal de Guimarães.
    E, o mais importante de tudo: Liliya Castro (cidadã russa) crê que as leis russas podem permitir o "repatriamento" da Alexandra e o 1shostak informou o link do blogue do P. Putin (problema - está em russo, naturalmente).
    Ponto de situação, porque estamos a correr contra o tempo, tudo o que pudermos fazer pela Alexandra até à hora da emissão do "reality show" russo de hostilidade aos pais, será muito importante.
    Assim, proponho:
    1.quando estiver criada a petição internacional que seja anunciada e destacada no menu da esquerda;
    2. Alguém que elabore o texto para enviar ao P.Putin (em inglês (e outro alguém que o traduza para russo)) e nos informem o que escrever onde, porque não decifro nada de russo. Se quiserem utilizar os argumentos que escrevi para o Tribunal de Guimarães, seguem abaixo.
    3. St Petersburg parents, sorry for the portuguese text. The next message is the text I sent to the Tribunal de Guimarães adaptaded /covered for Putin President forum (http://blog.kremlin.ru/). Someone will translate it for english. If you can translate from english to russian, we are very gratefull.

    ResponderEliminar
  11. Como se sente o Senhor Doutor Juiz que teve a grande ideia de entregar esta menina à mae? Com estas imagens que agora nos invadem a casa, ainda consegue dormir descansado? Consegue? Duvido. Duvido porque NINGUEM que seja minimamente sensivel consegue ficar bem quando vê o sofrimento desta menina. Deixem-na ser feliz, deixem-na crescer com quem ama e com quem realmente é capaz de fazer dela uma pessoa melhor e FELIZ! Tragam a Alexandra de volta para aqueles que são, contra quaisquer "laços de sangue", os verdadeiros pais, aqueles que a amam! Tenho vergonha da maneira como a nossa justiça continua a agir. Um beijinho de apoio com muita, muita, muita força para os pais da menina. Tenho esperança de que, em breve, a vossa (agora nossa tambem) menina vai voltar e ser feliz! :)

    ResponderEliminar
  12. Para traduzir o blog de forma a perceber pelo menos alguma coisa basta usar o Google:
    http://translate.google.pt/translate?u=http%3A%2F%2Fblog.kremlin.ru%2F&sl=ru&tl=en&hl=pt-PT&ie=UTF-8

    ResponderEliminar
  13. Rosário, posso escrever o texto em Inglês. Fui ao site que alguém aconselhou www.kremlin.ru e escrevi carta ao Presidente.

    Também acho que estamos a correr contra o tempo.. Vamos continuar a lutar!

    ResponderEliminar
  14. texto a enviar ao Presidente Putin, se concordarem:
    "Como cidadã portuguesa, bem como muitos outros cidadãos portugueses e estrangeiros, incluindo russos residentes na Rússia, estamos perplexos com a decisão tomada pelo Tribunal de Guimarães e que contrariou a decisão anterior do Tribunal de Barcelos.
    Os magistrados pensaram que estavam a decidir no "superior interesse da criança", mas não verificaram as condições em que viveria a Alexandra com a sua mãe biológica. Foi um erro grave que várias instituições portuguesas já reconheceram.
    Contudo, estão reunidas provas, através das imagens que nos chegam, que a continuação da Alexandra junto da mãe biológica não está a respeitar o "superior interesse da criança", (como refere a Convenção dos Direitos da Criança (CDC) que a Rússia também ratificou) e porquê?

    1. Porque implora em todos os telefonemas para a irem buscar.
    2. Porque está em sofrimento atroz.
    3. Porque a mãe biológica está a revelar-se (em tão pouco tempo e em frente às câmaras de televisão) incapaz e não tem estrutura emocional que justifique ter a filha à sua guarda.
    4. Porque o clima é muito diferente, já se queixa de muito frio, e ainda não existem temperaturas negativas.
    5. Porque até a cadela já está a viver na rua presa à casota com 1m de trela.
    6. Porque tudo à sua volta é muito pobre, face às condições que tinha cá.
    7. Porque tem um quarto sombrio e não sabemos quantas vezes dorme em cima do forno.
    8. Porque não vemos estrutura financeira que suporte as suas necessidades mais elementares actuais e futuras.
    9. Porque a mãe biológica, em vez de compreender a sua ligação aos pais afectivos, retira-lhe todas as referências que levou de Portugal (ex. dvd baptizado e caderneta com fotos dos colegas do colégio).
    10. Porque está num ambiente gravemente desfavorável ao desenvolvimento de um ser humano pelas críticas que a mãe tem a ingratidão de dirigir aos pais afectivos.
    11. Porque está numa cultura (hábitos, língua, etc.) que lhe é estranha, desenraizada daquela em que nasceu e viveu.
    12. Porque a Rússia confirmou que só Portugal tomou esta decisão.
    13. Porque também muitos cidadãos russos questionam por que razão Portugal não verificou, antes de decidir, as reais condições em que Alexandra iria viver.
    14. Porque nasceu em Portugal e viveu mais de quatro anos com os pais afectivos, que reconhece como referência/pilares na sua vida e com todos os pareceres favoráveis aos pais afectivos que constam do processo.
    15. Porque tem saudades de toda a família em Portugal e quer falar com quem mais brincava.
    Sabemos que V.Ex.a e todos os elementos do Governo garantiriam as condições financeiras para que Alexandra não passasse privações (saúde, educação, etc.) mas, Ex.mo Senhor Presidente Putin, falta-lhe o mais importante, o afecto daqueles a quem sempre viu como seus pais (o Sr João e a D. Florinda).
    Pedimos-lhe que V.Exa seja sensível a esta injustiça atroz que está a fazer sofrer muitíssimo a Alexandra. Dado o erro português, só a Rússia pode salvar a Alexandra, respeitando a sua vontade - voltar para aqueles a quem chama pais e com os quais se identifica.
    Nenhuma criança deveria ser sujeita a tal sofrimento. Nenhuma criança merece ser privada de uma infância feliz como a que tinha a Alexandra.
    Com os mais respeitosos cumprimentos e crentes na Vossa compreensão subscrevo-me,"

    ResponderEliminar
  15. Rosário, amanhã terei a carta pronta. Enviarei para o seu email. Só peço aos administradores do blog para colaborarem, e se tiverem contacto com os pais da criança, que os informem e que nos facultem um contacto deles para termos ligação.
    O que acham?

    ResponderEliminar
  16. pclvarela
    Muito obrigada, uff que alívio entender o que está no site.
    Pensei que fosse para o Putin, afinal é para o Dmitry. Se utilizarem o txt que escrevi acima, está dirigido ao Putin, alterem p.f.
    Colocamos a nossa mensagem onde, no menu da barra superior "comentários"?

    ResponderEliminar
  17. O presidente atual da russia é o Dmitri Medvedev :)

    ResponderEliminar
  18. Catarina
    Obrigada.
    Quanto ao contacto dos pais, penso que será menos confuso, serem os gestores do blogue a informá-los do evoluir da ajuda, pelo menos por agora.
    Mas sim, informem-nos das nossas mensagens ao Presidente Dmitry, do apoio e solidariedade dos russos residentes em Braga (penso que já saberão) e dos pais de St Petersburg. Ahh e alguém do lado português (governo? presidente?) pediu ao governo russo que não permita palmadas da Sra biológica à Alexandra.

    ResponderEliminar
  19. Petição Alexandra a menina russa em

    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N51

    Assinem e divulguem.

    ResponderEliminar
  20. sim é preciso que todos juntos possamos fazer algo por esta criança que vive tão grande tortura. AJUDEM A ELEXANDRA.MARIA RAMOS

    ResponderEliminar
  21. Cher Monsieur le Président Russe, Dmitri Medvedev,
    Je tiens à vous remerciez profondément, pour l’aide que l’état Russie à fournie à la mère de la petite Alexandra.
    Dans ce portugal de merde, nous avons l’habitude de voir les riches ou les autorisés, à avoir des aides de la part du portugais, là nous pouvons constater, que la mère d Alexandra est très pauvre, mais que l’état Russe a aidé fortement, chaleureusement, cette mère pour la récupération de sa propre fille, qui était retenue en otage par une famille portugaise, de la ville de Barcelos-portugal.
    Cette famille portugaise, n’on aucune honte de montrer qu’ils sont des impuissants pour procréer, mais curieusement ils sont puissants pour voler l’enfants d’une mère étrangère, pauvre/démunie. Il est évident que cette famille portugaise à tout fait pour affamer la mère Russe, pour qu’elle parte d’elle-même et seule en Russie, voyant qu’elle ne partait pas, la famille portugaise, a utilisé leurs influences pour l’expulsion de cette pauvre mère Russe.
    Face aux coups vicieux, pratiqué par cette famille portugaise, il est évident qu’une personne étrangère se trouve au portugal seule/démunie.
    L’intervention de l’état Russe est une délivrance et aide très précieuse, face à ces pratiques du coupable transformé en victime et cette victime transformé en coupable.
    Pour information nous avons connus le cas du sergent louis gomes, qui avait lui aussi a volé une fille à un père géniteur (Monsieur Balthazar), la chance de Monsieur Balthazar, a été avec le Tribunal Européen, après avoir porté plainte au Tribunal Européen, le lendemain, Monsieur Balthazar a reçu sa jeune fille.
    Nous voyons aussi, ici au portugal les médias qui s’alignent tous pour aider les voleurs, comme le dit l’église du vatican, le premier sera le dernier et le dernier sera premier, soit la victime sera coupable et le coupable sera victime, l’église du vatican, adore et fait adorer un bâtard.
    Ici au Portugal nous avons un régime basé sur un bâtard, transformé en dieu, ce pays est donc bâtard.
    Les portugais cherchent a voler les étrangers, et les ‘émigrantes.’
    C’est une défaite énorme pour ce régime bâtard portugais.
    C’est une défaite énorme pour ces impuissants pour procréer et puissants pour voler.
    C’est une défaite énorme pour ces voleurs de juges, qui font que du trafique d’influence.
    C’est bizarre, de voir le silence du président portugaise et du PM, car normalement l’un ou l’autre devrait ouvrir une enquête sur les trafiques d’influences qui ont été pratiqué pour voler cette petite Alexandra à sa mère légitime. Mais curieusement aucun d’eux,ne fait rien.
    Je vous demande, d’avoir la gentillesse, d’ouvrir une enquête sur cette famille de la ville de Barcelos et sur ces juges qui ont bénéficier du trafique d’influence. Vous y trouverez normalement le maire de la ville de Barcelos au portugal, car ici au portugal, un salopard de maire est un seigneur. Donc impossible qu’il ne soit pas complice de ce vole. Faites en un exemple !
    Poursuivez les, ne les lâchez pas, mettez tout ces salopards au trou. La Russie a les moyens que nous particuliers n’avons pas. Vengez nous, vengez les étrangers et les émigrantes qui sont bloqués ici dans ce pays de merde qu’est le portugal.
    Je vous demande aussi, de continuez à défendre les citoyens Russe qui sont au portugal, car ils est évident que ces salopards de portugais, abusent d’eux.
    Dans cette lettre je vous ai donné mon opinion.
    Je vous demande de respecter et faire respecter mon anonymat.
    Veuillez agréer, Monsieur le Président Dmitri Medvedev, l’expression de mes salutations les meilleurs ainsi que mes meilleurs encouragements.

    ResponderEliminar
  22. Um abraço de solidariedade para o casal de Barcelos e que tenham mta força para lutar contra as injustiças da política.

    ResponderEliminar
  23. "A minha preocupação não está em ser coerente com as minhas afirmações anteriores sobre determinado problema, mas em ser coerente com a verdade." [Gandhi]

    Apenas para apelar a quem tem o poder,e daí a responsabilidade,de decidir.

    ResponderEliminar